Obras públicas: será que dá pra fazer sem roubar?

Obras públicas: será que dá pra fazer sem roubar?

O Instituto de Obras Públicas (IOP) acredita que sim. Para tanto, ele considera que é preciso criar uma lógica de governança colaborativa, que:

I. intensifique o intercâmbio de conhecimentos entre especialistas e instituições, com vistas à melhoria da qualidade dos projetos de obras financiadas com recursos públicos;

II. promova mecanismos que estimulem a adoção de boas práticas de planejamento, concepção e implantação de projetos nos órgãos e entidades do Poder Executivo das três esferas de Poder;

III. defina metodologias e critérios mínimos de qualidade de projetos, bem como padronize os procedimentos relacionadas a obras públicas

infra-para-crescerIV. zele pelo constante aprimoramento profissional dos técnicos da Administração Pública;

V. fortaleça no âmbito do Estado as funções de planejamento, contratação e fiscalização de projetos e obras públicas;

Nesse sentido, o IOP tem conectado cada vez mais servidores públicos atuantes na área de infraestrutura, buscando criar massa crítica para desenvolvimento desse novo tipo de governança.

Recentemente, inclusive, lançou o Projeto Infraestrutura para Crescer, com objetivo de construir uma proposta de reestruturação da governança dos serviços de infraestrutura, bem como iniciar o processo de formação dos novos líderes da infraestrutura.

Saiba mais sobre o IOP: https://iop.org.br/